Blog Universo Sertanejo

Arquivo : joao carreiro e capataz

“Me sinto um vitorioso”, diz João Carreiro em meio a tratamento
Comentários Comente

André Piunti

Encontrei o João pouco antes do início do DVD de Sérgio Reis com Renato Teixeira, “Amizade Sincera 2″, do qual ele era um dos convidados, na noite desta terça-feira na Serra da Cantareira (Mairiporã-SP).

Ele estava na porta do camarim, sem chapéu, de volta com os cabelos compridos. Calmo, de fala mansa, e carinhoso com as pessoas que chegavam até ele pra dar um abraço ou parabenizá-lo por estar li.

jcsr
(foto do celular, enquanto as oficiais não saem)

Um tanto diferente do João bruto que nos acostumamos em shows ou nos camarins da vida, ele respondeu, muito sereno, a todos que perguntaram sobre sua situação.

Me disse se sentir “um vitorioso”, e que apesar de ainda haver muito tratamento a ser feito, uma fase “pesada” já havia sido superada (pra quem não está por dentro da história, João Carreiro se afastou do palco, principalmente, pra tratar de depressão, como pode ser lido aqui).

Contou ter passado boa parte do ano compondo exclusivamente “músicas para Deus”, muitas delas apresentadas em cultos na cidade de Sidrolândia-MS, onde está morando, e disse também que voltou a compor suas modas e que tem escrito canções constantemente, mais do que em qualquer momento de sua carreira até hoje.

Ele não tem nenhuma previsão para voltar a cantar e, pelo que foi fácil perceber, não quer essa pressão sobre ele. Também é nítido que ele jamais vai abandonar a música. Resta-nos esperar pra ver pra qual caminho ele pretende seguir.

João brincou que de tanto dizer que depressão era “frescura”, acabou sentindo na pele que se trata de coisa séria.

Se apenas encontrá-lo já era um motivo de emoção, a participação dele no DVD foi de tirar lágrimas de boa parte da plateia. Após ser apresentado pelo Serjão com um discurso cheio de palavras de apoio, João cantou sozinho uma música própria que narra justamente o convite que recebeu para participar da gravação.

Na letra, trata o convite como uma vitória para quem a “depressão bateu na porta” e “pensou até em fazer besteira”. Letra pesada, interpretação intensa. Depois, ao lado dos dois anfitriões, cantou “Felicidade (foooi-se embora…)“.

Logo após a participação, ele recebeu uma série de abraços emocionados de conhecidos e desconhecidos, todos muito tocados com a alegria que ele transparecia com tudo o que acontecia naquele momento.

Quis escrever hoje mesmo, ainda que de madrugada, pra que não perdesse o tom emotivo da noite de hoje. Mesmo que o texto soe piegas, foi uma noite muito importante. Raramente posto foto minha aqui, mas a de ontem justifica a exceção.

jceu

___

universo_sertanejo

banner-ta-de-sacanagem


Notícias de João Carreiro: cantor apresenta melhoras durante tratamento
Comentários Comente

André Piunti

A notícia é boa.

Em tratamento para depressão e afastado do palco em decorrência da doença, João Carreiro tem apresentado melhoras e, inclusive, voltado a compor.

As informações é do próprio empresário da dupla, Léo dos Reis, que se mostrou animado com as notícias, apesar de saber que a melhora não implica necessariamente em um retorno da dupla (mas as esperanças, sim, cresceram).

jcec3

Conversei também com o Capataz, que também se disse feliz com as boas notícias, mas que afirmou não ter tocado com o João no assunto “retorno”.

Mais importante do que qualquer coisa, é que ele fique bem.

Pra quem não estava por dentro do assunto, em janeiro foi anunciado que a dupla entraria em uma pausa por tempo indeterminado. Um dos motivos era a depressão de João Carreiro (relembre aqui).

O empresário me disse que apesar de não haver confirmação de nada, ele próprio ajudará na divulgação da música “Os Brutos também amam”, que a dupla gravou em parceria de Matogrosso e Mathias (e que pode ser conferida logo abaixo).

Ficamos na torcida.

___

piunti-600x70

tetb


Viola e Cantador
Comentários Comente

André Piunti

Recebi com surpresa diversos recados, por email e Facebook, solidários ao João Carreiro, que está afastado dos palcos em tratamento para depressão.

Claro que sei que ele tem os fãs que estão sempre dando apoio, mas as mensagens vieram de pessoas que até mesmo diziam pouco conhecer sobre a dupla, mas que gostariam de dividir com ele experiências semelhantes e que tiveram final feliz.

Quem tiver vontade de escrever algo ao João, as mensagens serão entregues por um amigo mais próximo. Os comentários podem ser deixados aqui no blog ou me enviados por email (piunti@piunti.com).

Divulguei a imagem abaixo hoje no Facebook, e está sendo bastante repassada. Aproveito a postagem e deixo aqui o vídeo de João Carreiro e Capataz cantando “Viola e Cantador” no programa da Inezita.

jccc1

___

hersonhei


João Carreiro e Capataz dão pausa na carreira sem previsão de volta
Comentários Comente

André Piunti

Léo dos Reis, empresário da dupla João Carreiro e Capataz, me procurou ontem pela noite pra anunciar que o escritório da dupla será fechado. Segundo ele, a dupla não fará shows durante o ano, e por conta disso, não faz sentido manter o escritório aberto.

Hoje pela manhã conversei com o Capataz, que explicou toda a situação. De acordo com o cantor, João Carreiro (o de chapéu na foto abaixo) disse, mais de uma vez, que cantar não era o que ele sonhava e que queria parar. No entanto, o cantor está sob tratamento para depressão e transtorno obsessivo compulsivo (TOC) desde setembro, e apenas ao final do tratamento é que algo poderá ser anunciado de forma definitiva.

Capataz reforça o que já foi dito aqui no final do ano passado, quando tratei pela primeira vez do assunto, de que não há briga entre eles: “não tem briga, o João mais do que meu parceiro de dupla, é meu amigo. Tudo que nós temos, foi conquistado junto, sempre  ao lado do Léo, que está com a gente desde o começo. O João está em tratamento pra depressão, e cabe a mim respeitar e esperar. Ele está na casa dele, com a família dele, e a gente vai conversar de novo depois de janeiro, quando as férias acabarem. Não há pausa pra 2014 ou pra 2015, não dá pra falar isso. A gente não sabe o que vai ser”.

A possibilidade de que a dupla não acabe de vez existe por conta do próprio João Carreiro, que não foi claro em dizer que vai abandonar a carreira, apesar da confissão de que não quer mais cantar. Questionado diversas vezes pelo próprio empresário sobre possíveis novos shows, a resposta nunca foi clara e direta.

Como eu disse na postagem no ano passado, agora é aguardar pra ver como serão os próximos meses.

jcecp

___

hersonhei


João Carreiro e Capataz vão parar de cantar?
Comentários Comente

André Piunti

Já não é novidade no mercado, e agora nem mesmo entre os fãs, que há uma conversa rolando de que a dupla João Carreiro e Capataz vai parar de cantar. Quem acompanha as redes sociais deles já reparou que há fãs fazendo apelos para que eles não parem.

A questão é a seguinte: apesar de a conversa existir, ninguém garantiu que eles vão parar de cantar.

Tentando ser breve e direto, a questão é a seguinte: há pelo menos 2 anos, João Carreiro diz a pessoas próximas que quer diminuir o ritmo de shows, tocar só de final de semana, sexta e sábado, enfim, diminuir o tempo na estrada. Até aí tudo normal.

O que fez o assunto ganhar corpo é que, segundo algumas pessoas do mercado, João vem confidenciando a amigos a vontade de parar de cantar (pra ficar mais com a família e etc, assuntos pessoais que não cabem a ninguém). Somando isso ao fato de que sete profissionais da equipe foram demitidos na semana passada (que era algo planejado já), o encerramento da carreira virou verdade absoluta na cabeça de muitos fãs.

Falei com o empresário da dupla, Léo dos Reis, que foi muito sincero:

“Eu não vou confirmar ou desmentir o que estão dizendo por aí, porque você sabe que nós também não sabemos. Você conhece os meninos, sabe que eles são amigos, que nós três não temos nenhum tipo de briga. Queria que você falasse isso, porque se não as pessoas vão ouvir as conversas e vão achar que é mais um caso de dupla brigando. De fato, estamos reduzindo a equipe porque já tínhamos a ideia de diminuir os custos, como te contei lá no DVD, mas isso não tem a ver com a história. Temos uns 28 shows até o final do ano e eles estão sendo feitos normalmente, como sempre fizemos. Ainda não fechei show pro ano que vem por conta de a gente estar decidindo como vai ser. Pra mim, na minha cabeça, a gente vai adotar esse lance de dois shows por semana, sem esse papo de parar. Mas antes, vamos ter de sentar e conversar sobre isso”.

Capataz, em resposta a um fã no Instagram que perguntou se a dupla estava acabando, respondeu: “a dupla ainda está só no começo”.

Conversei com pessoas próximas a eles e a aposta é de que na hora de decidir de fato como será o ano que vem, a ideia da redução de shows vai vingar.

Portanto, acho que é melhor esperar.


Dois lançamentos na semana: Fernando e Sorocaba e João Carreiro e Capataz
Comentários Comente

André Piunti

Fernando e Sorocaba, que estavam trabalhando a romântica “O que cê vai fazer?” nas rádios, resolveram apostar agora em uma agitada. A canção se chama “Mô”, e faz parte do novo disco deles, “Homens e Anjos”. Ela estará também no novo DVD deles, gravado em São Paulo no início do mês.

Quem também está de música nova é a dupla João Carreiro e Capataz. A canção “Desgramou o Goiás” faz parte do novo DVD deles, gravado recentemente em Cuiabá e que deve ser lançado ainda esse ano. A música é uma das principais apostas, senão a principal, do novo projeto deles.


O 2º DVD de João Carreiro e Capataz
Comentários Comente

André Piunti

Tão bom quanto poder acompanhar a gravação de uma dupla da qual você gosta, é perceber que apesar de muita coisa incomodar atualmente na música sertaneja, o espaço continua aberto pra todos os estilos.

João Carreiro e Capataz gravaram em Cuiabá, na última sexta-feira (5), o segundo DVD da carreira, e a gravação foi exatamente aquilo que se espera deles: cenário simples, sem enfeites ou grandes efeitos, e um repertório muito forte. Um jogo de LED’s deu uma cara um pouco “grandiosa” ao palco, é verdade, mas ele não irá para a estrada. Apenas a parte simples do cenário irá, algo que deverá virar tendência, já que o mercado tem forçado os artistas a baixarem os custos.

O DVD trouxe basicamente músicas conhecidas deles mescladas a modas de estilo antigo gravadas no “Lado A Lado B”. Houve, é claro, espaço para as inéditas, com todas as atenções voltadas para “Disgramô o Goiás”, que deve emplacar automaticamente nos rodeios logo que for lançada. A música é a cara deles e uma ótima substituta pra “É pra cabá”.

Foi feito também um pot pourri com três músicas do Raul Seixas: “Aluga-se”, que provavelmente apareceu ali por conta da onda recente de protestos, “Trem das Sete” e “Rock das Aranhas”.

João Carreiro e Capataz são importantes pra música sertaneja. São os grandes exemplos de que o sertanejo não virou “uma coisa só”, como muitos criticam. O público do show, mais de 10 mil pessoas, foi o mesmo da gravação do suntuoso DVD do Luan Santana, dois dias depois, em Itu. Há espaço para todos os gêneros, do mais pop ao que bate no peito pelas tradições, e isso precisa sempre ser lembrado.

O DVD, dirigido pelo Jacques Jr e com produção musical do Zé Renato Mioto, terá um trabalho diferente, deve ter mais visibilidade que o primeiro. Na torcida pra que a dupla consiga aproveitar o novo projeto da melhor maneira possível.

O repertório completo da gravação pode ser conferido mais abaixo.

As fotos são do Maurício Antônio.

___

Volta pro meu coração
Oi nóis traveis
Ela é muito boa/ Tá bagunçado, mas tem gerência/ Campo Grande Cuiabá/ Judiação
Prefácio
Audácia Pura (samba)
Lampião/ Cada um com seus problemas/ Do jeito que eu penso/ Não toca em minha vitrola
Lágrimas de Crocodilo/ Prefiro os Tubarões
Disgramô o Goiás (inédita)
Preta/ Papel Branco
Viola e Cantador/ Casinha Verde/ Maldade de um falso amor/ Se é amor não tem nada que apague/ Primeiro brinquedo
O que essa moça fez aqui
É pra cabá
Sete Sentidos
Melhor do Brasil/ O que será que nóis não tem/ Mangueira
Cadê
Cemo porque cemo
Bom Demais – Faculdade da Pinga/ Xique Bacanizado
Tudo em nome do poder
Raul Seixas: Aluga-se/ Trem das Sete/ Rock das Aranhas


Música sertaneja de protesto
Comentários Comente

André Piunti

Com as manifestações das últimas semanas, não demorou para que alguns artistas pegassem carona na situação e lançassem canções de teor político, algumas até mesmo de protesto.

Por mais que haja algumas interessantes, soa muito oportunista e o público leva mais pelo lado da chacota que pelo lado sério.

Não vi nenhum sertanejo, ainda bem, tentando pegar carona. O que há são canções antigas, feitas para outros momentos, que acabaram sendo relembradas pelos próprios cantores.

Digo isso por conta de uma música chamada “Tudo em nome do poder”, que João Carreiro e Capataz gravaram antes de fazer sucesso, e que será relembrada no próximo DVD deles, com gravação marcada para a próxima sexta, 5.

A regravação da música já ficou pronta, e posto abaixo para quem quiser ouvir.

Outra que também deixo por aqui aos que se interessarem é “Pago pra ver”, dos paranaenses Alvaro e Daniel. Poderia muito bem ter sido feita na semana passada, mas é de 2011.


Dois clipes que valem a pena
Comentários Comente

André Piunti

Nos últimos dois dias, foram lançados dois clipes bem interessantes, curiosamente ambos do mesmo diretor, Jacques Jr.

Na quarta-feira, foi lançado o vídeo de “Deserto”, da dupla Thaeme e Thiago, e o visual ficou realmente muito bonito.

___

Ontem, quinta-feira, foi feito o lançamento do clipe “Prefácio”, nova música de trabalho de João Carreiro e Capataz, que também vale ser conferido.

___


João Carreiro e Capataz lançam “Prefácio”. Ouça!
Comentários Comente

André Piunti

Após o elogiado CD “Lado A, Lado B”, lançado no final de 2011, João Carreiro e Capataz estão com música nova, quase um ano e meio depois.

Como sempre se espera mais deles, ao que parece, eles capricharam na escolha da nova música, chamada “Prefácio”.

Não será lançado um novo CD agora. Em agosto, será gravado um DVD em São José do Rio Preto. Na semana que vem, a dupla grava um clipe da música nova, vídeo que será dirigido pelo Jacques Jr, também responsável pelo novo DVD.

A música pode ser ouvida abaixo e baixada aqui (clicar no retângulo azul).

___

Prefácio
(Alex Ayusso)

No começo parecia brincadeira
Não sabíamos que era pra vida inteira
Os caminhos tomam rumos diferentes
Tinha que ser você, o amor achou a gente

Mas um dia o rio encontra o mar
E eu tô aqui pra gente continuar

Hoje o correr do tempo fez sentido
Pra um querer que parecia proibido
Só que Deus já tinha escrito há muito tempo
Que seríamos a folha e o vento

E o que foi virou prefácio do que somos
E é real o que pra nós era um sonho

Chamam isso de destino eu não sei
Mas desde o inicio sempre te cuidei

Chamam isso de amor, eu também acho
Mas seja como for, me dá um abraço