Blog Universo Sertanejo

Arquivo : tombo

Uma história, entre tantas, com Sérgio Reis
Comentários Comente

André Piunti

Por estar fora do Brasil, não pude me manter totalmente por dentro do incidente com o Sérgio Reis. Ao menos, sempre me mantive informado de que o estado dele era bom, principalmente diante de todo o perigo que um tombo daqueles representa.

Pra quem não teve a oportunidade de conhecê-lo ainda, trata-se de uma das figuras mais bem quistas do meio musical, principalmente por quase sempre levar os assuntos pro lado da brincadeira. Absolutamente normal que ele tenha se comparado a um saco de batatas quando sofreu a queda no palco.

Ele é do tipo que dá o celular pessoal pra imprensa, justamente pra que ninguém tenha muito trabalho de ir atrás dele, ligar pra assessores e todas as burocracias que vez em quando existem na carreira de um artista.

Como não pude cobrir o acontecido com ele na semana passada, deixarei aqui mais uma das infinitas histórias que ele conta. Essa ele me contou no ensaio do “Emoções Sertanejas”, projeto do Roberto Carlos gravado em 2010.

___

Em 96, eu e o Almir (Sater) fizemos a dupla Pirilampo & Saracura na novela o Rei do Gado. Chegou um dia que nos disseram: vocês vão participar do especial de fim de ano do Roberto Carlos, como personagens, e a participação vai ser usada na novela.

A gente topou e foi lá gravar. Acontece que o Roberto tem essas coisas de não poder cantar de roupa escura, e nossos personagens só usavam roupas com detalhes em preto, em tons escuros, era a nossa caracterização, não tinha como chegar do nada e mudar nossas roupas só pra cantar no especial.

Chegamos lá, o Roberto olhou pra gente, e antes de qualquer coisa eu já disse: “É, bicho, f*** você. Ele deu risada e respondeu: “Você pode, grandão, você pode.”

Esse é o Serjão.

Abaixo, o vídeo da participação dele e de Almir Sater no especial de Roberto Carlos.


O tombo de João Carreiro e Capataz
Comentários Comente

André Piunti

A dupla João Carreiro e Capataz se apresentou, na quinta-feira da semana passada (21), no Villa Country, em São Paulo.

Só agora, pouco mais de uma semana após a apresentação, surgiu um vídeo que mostra Capataz, que faz a segunda voz na dupla, caindo do palco e levando o parceiro junto.

Apesar do susto, o cantores não se machucaram. No tombo, provocado por João Carreiro, a dupla quase derrubou também um dos músicos da banda.

Para quem não conhece, João Carreiro é o que aparece dançando de chapéu. Capataz é o de camisa xadrez.

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>