Blog Universo Sertanejo

Arquivo : outubro 2013

Lançamento: Denner Ferrari com o clipe “Meu Abrigo”
Comentários Comente

André Piunti

Escrevi sobre ele, pela primeira vez, no final de 2011, quando iniciava uma nova fase da carreira. Apesar de novo, ele já apareceu por aqui alguma vezes.

Mineiro de Patrocínio, Denner Ferrari, 19 anos, canta desde a infância, e formou sua primeira dupla aos 12, ao lado do primo. Desde o ano passado vive em Ponta Grossa-PR, pra dar melhor continuidade a sua carreira solo iniciada em 2010.

O cantor gravou, ao lado de Lucas Lucco, uma canção chamada “Sua Linda”, que rodou bastante na noite e principalmente na internet, ajudada por um vídeo de animação.

Compositor, grande parte de seu trabalho é autoral. Atualmente, ele trabalha na produção das músicas de seu primeiro DVD, que ainda não tem data definida.

Apesar das canções agitadas, sua nova aposta é bem romântica: a canção ” Meu Abrigo”, que ganhou um clipe na semana passada, dirigido pelo André Jacques.

O clipe pode ser conferido abaixo.


Bruno e Marrone: o novo DVD e a nova música
Comentários 20

André Piunti

O novo projeto de Bruno e Marrone já está bem encaminhado e parece ser dos mais interessantes (e vai dividir opiniões, pra variar).

No último sábado, durante a primeira noite de shows no Credicard Hall, a dupla falou do novo trabalho.

O DVD será gravado em janeiro do ano que vem, em São Paulo, mas eles já estão entrando em estúdio.

O projeto trará regravações de outros artistas, dos gêneros mais variados, de Jessé a Lulu Santos, Chiclete com Banana a Chrystian e Ralf, passando por Alcione, Capital Inicial e por aí vai.

Os arranjos, que seguem na mão de Dudu Borges, serão mais “tranquilos”, praticamente acústicos, com o intuito óbvio de abusar da interpretação do Bruno, ainda mais nas músicas dos outros.

Eu pude conferir o repertório todo do projeto, e não vou ser o chato que vai estragar a surpresa. Mas adianto que já estou na expectativa de ouvir “Porto Solidão”, do Jessé, na interpretação da dupla.

___

A música nova

Antes do início do show no último sábado, o áudio da casa tocou a música “Stop que ela é top”. A canção, muito provavelmente, vai ser utilizada neste final de ano e início do próximo, até que o novo projeto fique pronto.

Pelo título já se imagina que a música é mais “universitária”, e é isso mesmo. Como os últimos trabalhos, principalmente o DVD, fizeram com que a dupla retomasse a tranquilidade no primeiro patamar da música sertaneja, a ideia é que eles também consigam se manter com um outro público, aquele que gosta mais de farra e não tem muito compromisso exatamente com a música. Algo que o Leonardo, por exemplo, faz muito bem.

Quando a música estiver disponível, eu posto por aqui.


Pedro Paulo e Alex: lançamento de “Tá Calor, Tá Calor”
Comentários 5

André Piunti

Falei deles no início do ano, quando se destacavam principalmente na noite do Paraná, com um vídeo bem interessante da música “Fama de Pegador”. A música, aliás, faz parte da coletânea “Na Pegada do Arrocha 2013”, lançada recentemente pela Som Livre.

O que havia motivado a postagem sobre Pedro Paulo e Alex, aos que não se lembram, foi o fato de a canção ter tocado na casa do BBB13 e muita gente ter ficado na curiosidade de saber quem estava cantando.

O trabalho seguiu e a dupla cresceu. É um dos poucos nomes novos que está apresentando bons resultados nos shows. Antes apenas no Paraná, em casas pequenas, e agora também com entrada em cidades de MG, SP e GO, vez ou outra apostando em feiras maiores. Não à toa, a dupla tem 20 shows pra outubro, 24 em novembro e 29 em dezembro.

Atualmente, os cantores contam com a estrutura da Multiplus Entretenimento, empresa também responsável pelo festival “Festeja”, sob a batuta de Wellington Mello, figura conhecida do mercado.

A dupla tem agendada a gravação do primeiro DVD para o dia 15 de fevereiro de 2014.

Atualmente, os cantores divulgam uma nova música chamada “Tá Calor, Tá Calor”, que ganhou o clipe que pode ser conferido abaixo.

A direção do clipe é do André Jacques, que também será responsável pelo DVD.


As músicas sertanejas mais tocadas da última semana (13/10 a 19/10)
Comentários 2

André Piunti

A lista da última semana traz algumas novidades a se notar.

Victor e Léo continuam em primeiro, com expressivas 1235 execuções na semana, mas agora seguidos diretamente por “Enamorado”, de Eduardo Costa. Completando o Top3, há uma novidade: “Maus Bocados”, de Cristiano Araújo, que tem tudo pra se tornar um dos grandes sucessos da carreira dele.

Luan Santana saiu de 2º e foi pra 4º com “Garotas não merecem chorar”, muito provavelmente pelo fato de que a musica será substituída por “Tudo que você quiser” como musica de trabalho.

___

01 – Na linha do tempo – Victor e Leo (1) – 1235
02 – Enamorado – Eduardo Costa (3) – 841
03 – Maus Bocados – Cristiano Araújo (-) – 808
04 – Garotas não merecem chorar – Luan Santana (2) – 799
05 – Um lugarzinho na sua cama – João Bosco e Vinícius (4) – 691
06 – Não era eu – César Menotti e Fabiano (6) – 678
07 – Mo – Fernando e Sorocaba (7) – 659
08 – Crime Perfeito (5) – João Neto e Frederico – 649
09 – Conto até dez – George Henrique e Rodrigo part. Jorge e Mateus (9) – 601
10 – Irracional – Marcos e Belutti (-) 594

*Fonte: Crowley Broadcast Analisys/Universo Sertanejo


Alô, vó – Israel Novaes grava DVD em Goiânia
Comentários 5

André Piunti

Na próxima sexta-feira, dia 25, em Goiânia, acontece a gravação do primeiro DVD do Israel Novaes (na verdade, ele havia gravado um no ano passado, mas que acabou não sendo lançado). O local será o Centro Cultural Oscar Niemeyer.

O momento dele é outro, o nome já é mais conhecido, a imagem teve vários momentos de destaque na TV, e ele aos poucos vai reforçando um estilo próprio.

A gravação acontece um dia antes do Villa Mix de Goiânia, do qual ele também participa, apesar de eu ter esquecido de citá-lo na postagem sobre o evento.

O final de semana em Goiânia, aliás, será o encontro de uma grande quantidade de profissionais do meio sertanejo. Boa parte dos convidados para o Villa Mix chegará um dia antes por conta do DVD do Israel Novaes. Ou seja, a promessa é de um final de semana bem interessante.


Cristiano e as modas sofridas
Comentários 5

André Piunti

Peguei pra ouvir com mais calma, ontem, o novo CD do Cristiano Araújo, “Continua”. Já havia vazado há algum tempo, mas esperei chegar o físico pra prestar mais atenção.

O CD é o que se espera dele, misturando animadas com românticas, mas o post na verdade é pra citar três músicas, com atenção maior pra uma especificamente.

A faixa 16 do disco, “Pedaços”, é um presente pra quem gosta das músicas em tons altos e interpretadas com gritos e exageros. Há várias canções no projeto em que o Cristiano abusa da interpretação, marca forte de sua carreira, mas parece que ele escolheu “Pedaços”  pra fazer muito tudo o que gosta em uma música só.

Eu, sinceramente, gosto de ouvir música assim. Sei que tem gente que não gosta, mas acho válido compartilhar.

Outra que eu destaco do CD é “Uma Semana”, a faixa 13. Romântica com refrão muito bom.

E a terceira, claro, “Maus Bocados”, a grande música do disco. Foi lançado um clipe dela na última segunda-feira, e ela será a nova música de trabalho do Cristiano.


Programa Universo Sertanejo #194 – Tião Carreiro
Comentários 2

André Piunti

Fala, pessoal.

Entrou no ar, no final da tarde de ontem, a 194ª edição do programa Universo Sertanejo.

A edição desta semana é um especial, com toda justiça, em homenagem ao Tião Carreiro. Na última terça-feira, 15, completou-se 20 anos da morte do Tião.

Selecionei canções gravadas pelo Tião e que foram regravadas por outros artistas das mais distintas gerações. Aproveitei e coloquei também algumas músicas feitas em homenagem a ele.

Vale a pena conferir.

Quem quiser ouvir, basta clicar na imagem abaixo.

___

01 – João Carreiro e Capataz – A tradição não morre jamais (homenagem)
02 – Mayck e Lyan – No som da viola/Sangue novo (homenagem)
03 – Jads e Jadson – Eu, a viola e ela
04 – Tião Carreiro e Pardinho – A viola e o violeiro
05 – Victor e Leo – Cavalo Enxuto
06 – Ronaldo Viola e João Carvalho – Carro de Boi
07 – Edson e Hudson – Pagode em Brasíla/Pagode/A coisa tá feia
08 – Chrystian e Ralf – Amargurado
09 – Felipe e Falcão – Porta do Mundo
10 – Daniel com Teodoro e Sampaio – Prato do Dia
11 – Bruno e Marrone com Tião Carreiro e Pardinho – Rancho do Vale
12 – Tião Carreiro e Pardinho – Chora Viola


Luan e “Tudo que você quiser”
Comentários 3

André Piunti

Luan esteve no Faustão, no último domingo, pra iniciar o trabalho de divulgação de seu novo projeto, o DVD “O nosso tempo é hoje”.

O cantor, durante sua participação, comentou que estava dando ares novos à música sertaneja com o novo trabalho, o que nao deixa de ser verdade.

No video divulgado abaixo, lançado na semana passada, com a música “Tudo que você quiser” (Matheus), o que se vê é um passo bem além naquela história do pop/sertanejo. Um passo pensado, proposital.

Não acho, particularmente, que outro artista consiga seguir esse caminho do Luan. Me parece bem a cara dele – e só a dele -, mesmo eu gostando bastante do Luan sertanejão voz e violão, como já comentado aqui várias vezes.

O DVD provavelmente será sucesso de vendas e vai rivalizar com o da Paula entre os mais vendidos, dois projetos repletos de grandes apelos visuais.


20 anos sem Tião Carreiro, por César Menotti
Comentários 10

André Piunti

*Por César Menotti

Morre o homem, fica a fama, e minha fama da trabalho“…

Assim diz o verso de uma das modas gravadas por ele, Tião Carreiro.

E assim se cumpriu, ele deixou um legado do qual a música caipira ainda não conseguiu se desvincular. Seus discípulos estão aí, dando continuidade a sua história, e como disse Zé Mulato, quase sempre imitando Tião Carreiro.

Meu pai conheceu o Tião na padaria dos artistas, na boca do lixo em São Paulo, local que ainda hoje é frequentado pelos violeiros. O homem Tião Carreiro tocou viola a vida inteira por amor a música, e o artista Tião Carreiro também.

Foi notável sua trajetória nesta terra. Fez da viola muito mais do que seu cartão de visita, fez da viola a cara do Brasil, esse nosso Brasil sertanejo.

Quando eu era pequeno e ouvia meu pai contar as histórias de quando encontrava o amigo Tião Carreiro, eu ficava interessado, queria saber de tudo. Naquela época eu jamais iria imaginar que aquele homem iria influenciar a base da minha identidade musical.

Infelizmente não conheci pessoalmente o rei do pagode. Na minha adolescência, fui na casa onde ele morava visitar sua viúva, D.Nair, e ali descobri que realmente o homem Tião Carreiro não existia mais.

Mas tocando uma de suas violas na cozinha daquela casa, aquela viola vermelha da música, que pertenceu a Raul Torres, percebi que o artista Tião Carreiro ainda vivia e na verdade vive até hoje, vinte anos após sua partida, inclusive nos meus shows quando canto ao lado do meu irmão Fabiano “Pagode em Brasília”, junto com uma multidão de jovens que vibram e cantam todos os versos.

Enquanto isso eu fico pensando que realmente morre o homem, fica a fama, e sua fama da trabalho.

E aqui fica registrada minha homenagem a esse homem, como disse Lourival dos Santos, um astro da constelação divina chamado Tião Carreiro.

___

*César Menotti, 31 anos, da dupla César Menotti e Fabiano, toca viola desde os 13. Escreveu a convite do blog, no dia em que a morte de Tião Carreiro completa 20 anos.

___

Abaixo, segue a canção “A Viola e o Violeiro”, da qual Menotti retirou a citação que abre seu texto.


Villa Mix de Goiânia ganhará especial de fim de ano da Globo
Comentários 3

André Piunti

O festival Villa Mix de Goiânia, marcado para o dia 26 de outubro, será transformado em especial de fim de ano da Globo.

O evento terá Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Paula Fernandes, Bruno e Marrone, Humberto e Ronaldo, Guilherme e Santiago e Matheus e Kauan, com foco nos quatro primeiros nomes.

A história de que o Villa Mix viraria especial da Globo é conhecida no mercado há pelo menos dois meses, quando foi divulgado que Paula Fernandes e Bruno e Marrone, que não fazem parte da AudioMix (escritório dono do evento), participariam da nova edição de Goiânia (na realidade, desde o Villa Mix do ano passado já se comentava sobre a intenção de o festival virar um especial de fim de ano).

A Folha divulgou na semana passada que a exibição será dia 8 de dezembro. A data coincidiria com as férias do “Esquenta”, ou seja, o especial seria exibido no domingo pela tarde. Hoje, a coluna do Flávio Ricco divulgou que a apresentação dos shows ficará a cargo do ator Murilo Rosa.

___

Falando de sertanejo e de Globo, a emissora exibe, até o final do ano, um “Som Brasil” especial de música sertaneja chamado “Sertão 90”. O programa, já gravado, terá nomes como Chitãozinho e Xororó e Roberta Miranda.