Blog Universo Sertanejo

Arquivo : programa do jô

Sérgio Reis no Jô
Comentários Comente

André Piunti

No início do mês, Sérgio Reis deu uma entrevista longa ao Jô, pra variar muito bem humorada e legal de assistir.

Falou de trabalho, carreira, e principalmente deu boas risadas da queda grave que teve no palco durante uma apresentação em Três Marias-MG, no ano passado.

A entrevista é boa mesmo, vale a pena assistir. Basta clicar sobre a imagem.


Inezita Barroso no Jô
Comentários Comente

André Piunti

Na última quinta-feira, Inezita Barroso foi entrevistada no “Programa do Jô”.

Aos 87 anos, 33 deles apresentando o “Viola Minha Viola”, ela é o que a gente pode chamar de “testemunha viva” da história da música sertaneja. Além do mais, ela não só viveu as mudanças que o gênero sofreu, como foi crítica em diversos momentos.

A entrevista, de mais de 30 minutos, pode ser conferida clicando sobre a imagem abaixo.


Dr. Voz
Comentários Comente

André Piunti

Lembra das matérias publicadas por aqui (aqui e aqui) com o Dr. Luiz Cantoni, médico que operou Zezé di Camargo e cuida da voz do Galvão Bueno, entre outros?

Ontem ele foi entrevistado no “Programa do Jô”. Eu não consegui ver a entrevista inteira ainda, mas o começo já é bacana. Não achei o vídeo no YouTube pra colocar aqui, mas quem clicar na imagem abaixo, pode assistir no próprio site do programa.


Chitãozinho e Xororó no “Programa do Jô”
Comentários Comente

André Piunti

Foi ao ar, ontem pela noite, a entrevista de Chitãozinho e Xororó no “Programa do Jô”. Difícil falar algo sobre eles, mas nunca é demais destacar como Xororó consegue manter sua voz ao longo dos anos.

Não consegui ver a entrevista até o fim ainda, mas divido abaixo com vocês o vídeo completo.

Só uma observação: pra quem acha que eles estão acomodados no canto deles, curtindo tudo o que já conseguiram, vem em breve uma notícia que vai mexer com alguns ânimos por aí.


Cuiabano Lima no Jô
Comentários Comente

André Piunti

Quem frequenta festas de peão, provavelmente já viu ou ouviu falar de Cuiabano Lima, “a voz de Barretos”.

Locutor de rodeios, ele tem se destacado mesmo é na abertura de festas ou de shows, com seus textos que engrandecem o evento ou o artista em questão.

É uma forma de apresentação diferente, mas que ajuda o evento a ter mais cara de “espetáculo”. No ano passado, Cuiabano passou a fazer parte da Audiomix (JeM, GL, HeR) e a fazer a abertura de todos os eventos da empresa, sem deixar de lado seu trabalho em outros eventos.

Anteontem, ele foi entrevistado no “Programa do Jô”. A conversa foi mais pessoal do que profissional, mas vale o registro, já que se trata de uma figura sempre presente no nosso meio.

Abaixo, a entrevista dividida em dois vídeos.

___

___


Zezé e Luciano no Jô
Comentários Comente

André Piunti

Como foi amplamente divulgado, Zezé di Camargo e Luciano participaram, ontem, do Jô. A entrevista teve dois blocos, e o primeiro foi basicamente sobre os acontecimentos do final da semana passada.

Luciano admitiu ter misturado um “porre” de uísque com um comprimido do calmante “Rivotril”.

Abaixo, segue a participação da dupla dividida em três vídeos.

Parte 2Parte 3


História de um sucesso
Comentários Comente

André Piunti

Nem sempre ficamos sabendo como surgiu uma canção na vida de um artista. Ninguém imagina, em boa parte dos casos, como um compositor conseguiu que sua música chegasse a um artista de nome.

No vídeo abaixo, de uma entrevista dada ao Jô em 2008, o compositor Nenéo conta, emocionado, de que forma Zezé di Camargo ficou conhecendo a canção “Cada volta é um recomeço”.


Paula Fernandes no Jô
Comentários Comente

André Piunti

Na última sexta-feira, 22, Paula Fernandes foi entrevistada no “Programa do Jô”.

A conversa, basicamente, girou em torno de algumas histórias da vida e da carreira dela.

Curiosa foi a forma com a qual o Jô a apresentou: “uma cantora do pop rural”.

Para assistir, basta clicar na imagem abaixo.


Médico e sertanejo
Comentários Comente

André Piunti

Quem acompanha a música sertaneja mais de perto já deve conhecer a história do Henrique Marx, médico proctologista e cantor/compositor sertanejo.

Como cantor, ele tem trabalhado a canção “Salva meu mundo”, ao lado de Bruno e Marrone. Como compositor, seus maiores parceiros foram Edson e Hudson, que gravaram canções suas como “Galera Coração”, “Fala” e “Hoje eu posso chorar”.

Nessa semana, Henrique foi entrevistado no “Programa do Jô” para falar de suas duas profissões. A entrevista, muito bem humorada, pode ser conferida abaixo.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>