Blog Universo Sertanejo

Arquivo : barretos 2011

Cinco fatos que marcaram o Barretão 2011
Comentários Comente

André Piunti

Após 11 dias de shows, chegou ao final, nesse domingo (28), a 56ª edição da Festa de Barretos.

Em vez de um texto com um resumo das passagens mais marcantes da festa, resolvi elencar os 5 acontecimentos mais importantes dessa edição, que a meu ver, foi uma das melhores dos últimos anos, talvez dos últimos dez anos.

___

-Chitãozinho e Xororó com João Carlos Martins

A ideia não parecia das melhores. Apesar de um show acima da média, colocar uma orquestra para tocar junto com Chitãozinho e Xororó em pleno sábado, em Barretos, não parecia a decisão mais adequada.

Não só deu certo como ficou melhor até que as apresentações intimistas apresentadas em casas fechadas. Foi hit atrás de hit, e para a surpresa do público, na hora de apresentar a última música, a dupla chamou João Bosco e Vinícius para dividir os microfones. Sem pausa nenhuma, Chitão e Xororó saíram do palco e o segundo show continuou normalmente, também acompanhado da Orquesta.

Talvez fosse algo mais difícil de fazer se as duas duplas fossem novas, por questões de vaidades e tudo mais, mas como se tratava de quem se tratava, tudo aconteceu como se fosse a coisa mais simples do mundo. Foi a noite mais importante da festa, que fica marcada na história de Barretos.

Se a organização falhou ao deixar Chitãozinho e Xororó de fora no ano passado, quando completaram 40 anos de carreira, a noite do primeiro sábado serviu para corrigir o erro.

___

Farra proibida

Os números da primeira semana são ótimos quando se fala no público presente nos shows. No entanto, enquanto a arena estava lotada, o Parque ficava muito vazio (na segunda semana foi bem diferente). Barretos cresceu, se organizou, e puxou o freio de quem ia para a cidade apenas para as festas na rua, mais especificamente na Avenida 43. Nos primeiros dias, em algumas ruas da cidade, nem parecia que era época de rodeio, de tão vazias que estavam.

No segundo sábado, que tradicionalmente leva mais gente, um pequeno trecho da Avenida 43 foi fechado, houve uma boa movimentação de pessoas, mas a presença ostensiva de carros e da cavalaria da polícia impediu, pelo segundo ano seguido, que a tradicional farra acontecesse por ali. Sem dúvida, como publicaram por aqui nos comentários, havia muitos exageros na Avenida 43. No entanto, também é indiscutível que a cidade perdeu bastante com a proibição.

___

Além do “universitário”

A edição de 2011 ficou marcada por misturar todos os tipos de música sertaneja. Deixou-se de lado aquela tendência de só levar as duplas do “novo sertanejo” e as portas foram abertas para Milionário e José Rico, que lotaram a arena, Chitãozinho e Xororó, que lotaram a arena, e Bruno e Marrone, que quase lotaram a arena, mas que foram os únicos a se apresentar sem outro show sertanejo na noite.

Como a intenção foi mostrar que o evento era sertanejo e sem restrições, a abertura da festa ficou a cargo de Paula Fernandes e Eduardo Costa, com arena lotada, mostrando que sempre há música sertaneja além da principal tendência da época.

Em plena quinta-feira (25), não se via espaços vazios durante a apresentação de Milionário e José Rico. Só essa informação já explica muita coisa.

___

#odeiorodeio e #amorodeio

Um bezerro ficou paraplégico durante uma prova e teve de ser sacrificado. A mídia caiu em cima, as entidades protetoras do animais fizeram barulho, e a organização colocou a responsabilidade em cima do cavaleiro. No último sábado, um boi teve cãimbras e se arrastou pela arena. Teve gente que vaiou, em uma cena que eu nunca tinha visto em um rodeio.

Os rodeios não param de crescer no Brasil, e a cobertura da mídia vai ser cada dia maior. Por isso mesmo, o tema “maltrato” vai ser cada vez mais comentado. Escrevi na semana passada sobre isso e algumas pessoas entenderam que eu defendia o fim dos rodeios, quando na verdade, só acho que as festas precisam repensar as provas antes que rodeios importantes comecem a ser proibidos pela justiça (vários pequenos já são).

Por conta da repercussão da campanha “#odeiorodeio”, que pipocou no Twitter na semana passada, a organização mandou fazer a placa abaixo postada na foto acima.

___

Michel Teló com “Ai, Se Eu Te Pego”, e Gusttavo Lima com “Balada Boa”

Fazia tempo que duas canções não se destacavam dessa forma. Mesmo ambas tendo trabalhos fortes de divulgação por trás, ficou visivel que “Ai, Se Eu Te Pego” e “Balada Boa” caíram no gosto popular. No trio, Michel tocou a música 4 vezes. Gusttavo cantou “Balada Boa” apenas uma vez, e a reação do público impressionou. Descrevendo o fato, talvez pareça exagero, mas quem presenciou, concorda que a reação da plateia chegou a assustar.

Curiosamente, as duas canções pertencem a cantores solo, nomes que até ano passado, apesar já fortes, eram colocados um pouco abaixo de duplas grandes em evidência. Os dois artistas são empresariados por escritórios diferentes, o que é positivo.

Curiosamente, no dia do show (27), Michel Teló completou dois anos de carreira solo, que foi lançada justamente em uma apresentação em Barretos, em 2009.


Barretão de público bom e de caretice
Comentários Comente

André Piunti

Depois de um primeiro final de semana complicado em 2010, a Festa de Barretos tentou iniciar 2011 impressionando.

Como não acontece quase nunca, a organização colocou o maior nome do ano, Paula Fernandes, logo no primeiro dia. Fosse em um sábado, o público seria muito superior aos 50 mil presentes na abertura, mas dá para entender os motivos da festa.

No sábado, Chitão e Xororó com João Bosco e Vinícius mostraram, mais uma vez, que unir as diferentes gerações é das melhores sacadas para eventos de grande porte, pois acaba gerando interesse em um público muito variado, logicamente maior.

Problema mesmo foi a sexta-feira, que tropeçou na insistência em misturar ritmos. Na mesma noite, houve apresentações da Unidos da Tijuca e do Aviões do Forró (show muito animado, por sinal), e assim não há Bruno e Marrone que aguente. Uma dupla de porte médio, antes ou depois de Bruno e Marrone, levaria mais gente. Não que 30 mil pessoas seja uma marca ruim, mas para uma sexta-feira em Barretos, poderia ter sido melhor.

Quanto ao show de domingo, tratou-se de um evento em prol do Hospital de Câncer de Barretos, então nem cabe entrar muito em discussão. Foram quase 20 mil pessoas presentes em um domingo frio assistir ao show da Ivete

Apesar de a primeira semana ser tradicionalmente mais devagar que a segunda, a movimentação na cidade foi bem inferior ao que já se viu em anos anteriores. Sem querer discutir os motivos que levaram a isso, a proibição da festa na Avenida 43 tornou a cidade muito careta, espantando muita gente (a “bagunça” está proibida desde o ano passado).

Ainda é possível ver a reunião de carros tocando música alta, churrascos nas calçadas e pequenas festinhas improvisadas nas ruas (práticas que serão assunto essa semana aqui no blog), mas a grande farra fora do parque parece ter acabado de vez. Um tanto quanto careta.

Toda a cobertura da Festa de Barretos 2011, em texto, foto e vídeo, pode ser conferida AQUI.


Uma grande quinta-feira
Comentários Comente

André Piunti

Levar Paula Fernandes e Eduardo Costa em uma quinta-feira poderia ser uma ideia não muito interessante, já que em um sábado eles certamente disputariam o recorde de público da festa, mas não dá para reclamar depois do que foi visto ontem.

Com a arena e as arquibancadas abarrotadas, mais de 50 mil, pelo menos, pessoas estiveram presentes em plena quinta-feira, abertura do rodeio de Barretos. Os números definitivos só serão divulgados hoje, e deve subir alguns milhares.

Os ingressos custaram R$ 40, que se não for um preço popular, também não é nada abusivo. Sem atraso exagerado de nenhum dos shows, sem tumulto e sem registro de incidentes graves. Barretos começou como deveria ter começado.

Só para constar, Paula e Eduardo não dividiram o palco em nenhum momento, diferentemente do que estava sendo prometido pela festa. Segundo a produção dos dois cantores, não havia sido nada combinado com eles.

O texto completo da noite de ontem pode ser conferido AQUI.

Um álbum de fotos do show pode ser conferido clicando sobre a imagem abaixo. E, quem diria, a Paula ainda aproveitou o assunto da semana para responder ‘quem matou a Norma?’, no vídeo mais abaixo.

___


Barretão 2011
Comentários Comente

André Piunti

Amanhã, quinta-feira (18), tem início a 56ª Festa do Peão de Barretos.

Hoje pela manhã, entrou no ar a página especial do UOL, na qual serão publicadas todas as matérias a respeito do Barretão por uma equipe que parte amanhã para a cidade, da qual faço parte.

Aqui no blog, também, de maneira mais informal, haverá textos sobre a festa.

Barretos é a maior e mais tradicional festa sertaneja do país. Por tamanha tradição, todo ano surge uma porção de críticas, o que acaba sendo bom, pois essas críticas são com o intuito de que a festa não se descaracterize.

Aos que gostam de música sertaneja, seja ela de que época for, Barretos é um evento que precisa ser visitado ao menos uma vez na vida. Será a minha 14ª vez no Barretão, então posso dizer que vale a pena.

A página especial do UOL sobre a festa pode ser acessada aqui.

Abaixo, um álbum de fotos com algumas das principais atrações da festa.


Festa de Barretos inicia venda de ingressos
Comentários Comente

André Piunti

Nesta quinta-feira, dia 2, tem início a venda de ingressos para a Festa de Barretos 2011, em 51 pontos de vendas, distribuídos em 9 estados.

A lista completa com esses pontos de vendas pode ser conferido na página oficial do evento, clicando aqui.

Os ingressos esse ano estão mais baratos do que os de diversas festas de menor expressão. Os pontos de venda têm ingressos para o parque (inteira e meia entrada) e para o camarote “Vip Barretos”. Camarotes de patrocinadores são vendidos diretamente nos sites das empresas.

Além desses pontos, os ingressos podem ser adquiridos pela internet via Ingresso Rápido e Zekts.

A Festa de Barretos acontece dos dias 18 a 28 de agosto. A programação completa pode ser conferida aqui.

*O ingresso do parque  citado acima dá direito a assistir ao show.

*Camarote Vip Rodeio inclui pratos quentes, pratos frios, cerveja, água e refrigerante, além de estacionamento Vip.

___

Dia 18, Quinta Feira, Paula Fernandes e Eduardo Costa

R$20 parque e R$120 VIP Rodeio

Dia 19, Sexta Feira, Unidos da Tijuca e Bruno e Marrone

R$ 30 parque e R$300 VIP Rodeio

Dia 20, Sábado, Daniela Mercury, Chitãozinho e Xororó, João Bosco e Vinícius

R$50 parque e R$400 VIP Rodeio

Dia 21, Domingo, Ivete Sangalo

R$50 parque e R$250 VIP Rodeio

-Dia 22, Segunda-Feira (ainda sem show definido)

R$10 parte

-Dia 23, Terça Feira, Pixote

R$ 10 parque

-Dia 24, Quarta Feira, Maria Cecília e Rodolfo e Matogrosso e Mathias

R$10 parque

-Dia 25, Quinta-Feira, Milionário e José Rico e João Carreiro e Capataz

R$20 parque e R$120,00 VIP Rodeio

-Dia 26, Sexta-Feira, Luan Santana e Fernando e Sorocaba

R$50 parque e R$300 VIP Rodeio

-Dia 27, Sábado, Chico Rey e Paraná, Gusttavo Lima e Jorge e Mateus

R$40 parque e R$400 VIP Rodeio

-Dia 28, Domingo, Final do Rodeio

R$50 parque e R$250 VIP Rodeio


Sertanejo Pop Festival e Barretão
Comentários Comente

André Piunti

Sertanejo Pop Festival

No ano passado, em São Paulo, foi realizada a primeira edição do “Sertanejo Pop Festival”, criado com a intenção de se firmar, com o passar dos anos, como o principal festival dessa nova geração de sertanejos.

A maioria deve se lembrar que o evento foi amplamente divulgado no programa do Faustão, teve cobertura do Fantástico, e outros programas da Globo também estiveram presentes, até mesmo o “Casseta e Planeta”.

Esse ano, o “Sertanejo Pop Festival” terá duas edições. Em Belo Horizonte, em julho (dias 16 e 17), e em São Paulo, no mês de agosto (dias 13 e 14).

A programação de BH já foi divulgada. Os shows acontecerão no Expominas.

Dia 16: João Bosco & Vinícius, Gusttavo Lima, Humberto & Ronaldo, Zé Henrique & Gabriel e Michel Teló.

Dia 17: João Neto & Frederico, Maria Cecília & Rodolfo, Guilherme & Santiago, e Luan Santana.

___

Barretos

A organização da Festa de Barretos publicou oficialmente a programação desse ano em seu site oficial (aqui), é há uma (boa) novidade em relação ao publicado aqui na semana passada. No segundo sábado (27), dia em que Jorge e Mateus e Gusttavo Lima se apresentarão, o primeiro show da noite será o de Chico Rey e Paraná, dupla que ainda não havia sido confirmada.


Festa de Barretos volta a ser mais sertaneja
Comentários Comente

André Piunti

Após ter sido muito criticado no ano passado pela atenção excessiva dada à cantora Mariah Carey, além de ter colocado sertanejos apenas da nova geração na programação, os “Indepentendes”, grupo que realiza o rodeio de Barretos, parece tentar se redimir.

Sem nenhuma atração internacional divulgada (se houver, será anunciada amanhã, durante o lançamento oficial da festa), uma pré-programação foi divulgada hoje, e traz algumas experiências novas.

Entre elas, está a parceria de Bruno e Marrone com a bateria da Unidos da Tijuca. Segundo informações divulgadas, a bateria vai ensaiar algumas canções da dupla e apresentá-las antes de os cantores subirem no palco. Durante o show, existe a intenção de que haja um encontro.

No segundo sábado, dia 27, haverá dois shows na arena: Gusttavo Lima e Jorge & Mateus. A expectativa é que Gusttavo participe do show da dupla.

O axé terá duas de suas maiores cantoras: Daniela Mercury, no trio elétrico, e Ivete Sangalo, na arena, em um show com a renda revertida para o Hospital do Câncer de Barretos.

Chitãozinho & Xororó e Milionário & José Rico também estarão presentes.

Abaixo, a pré-programação divulgada hoje. A festa acontece de 18 a 28 de agosto.

___

Dia 18 (quinta)

Paula Fernandes
Eduardo Costa
Jair Supercap Show

Dia 19 (sexta)

Unidos da Tijuca
Bruno & Marrone
Léo Magalhães
Aviões do Forró
Jair Supercap Show

Dia 20 (sábado)

Daniela Mercury – trio
Chitãozinho & Xororó
João Bosco & Vinicius
Hugo & Tiago
Léo & Junior
Jair Supercap Show

Dia 21 (domingo)

Ivete Sangalo
Maiza Fagundes

Dia 23 (terça)

Pixote

Dia 24 (quarta)

Ricardo & João Fernando – trio
Maria Cecília & Rodolfo
Os Virgens

Dia 25 (quinta)

Milionário & José Rico
João Carreiro & Capataz
Fabio & Rafael

Dia 26 (sexta)

Luan Santana
Fernando & Sorocaba
Thales & Thiago
Conrado & Aleksandro
Tom & Arnaldo

Dia 27 (sábado)

Gusttavo Lima
Jorge & Mateus
Caio Cesar & Diego
Humberto & Ronaldo
Tuta Guedes


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>